Sobre


MAURÍCIO WALDMAN é professor universitário, pesquisador, consultor e escritor.

Maurício Waldman é autor (ou co-autor) de 15 livros, centrados basicamente nos campos do saber geográfico e antropológico. Dentre as temáticas, destacam-se as do meio ambiente, cultura, educação, política e africanidade.

Waldman atua como Consultor Internacional ad-hoc da AFRO-CHAMBER: Câmara de Comércio Afro-Brasileira, como colunista da revista BRASIL ANGOLA MAGAZINE e do jornal CULTURA, publicado em Luanda, Angola.

Waldman iniciou 3º Pós Doutorado em Janeiro de 2014, projeto focado na área ambiental com respaldo institucional da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), investigação financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Em termos do reconhecimento do seu trabalho, em 2011 Maurício Waldman foi indicado como Finalista do PRÊMIO JABUTI 2011 no quesito melhor livro de Ciências Naturais, repercussão da obra Lixo: Cenários e Desafios (Cortez Editora, 2010).

Também em 2011, participou como interlocutor de referência no programa Água: O Mundo e um Recurso Precioso, produção especial da RÁDIO NAÇÕES UNIDAS, transmitida diretamente de Nova York.

Em 2010, com base em avaliação de pesquisadores dos EUA, Waldman integrou lista de 96 personalidades brasileiras com origem judaica, publicada em BRAZILIAN JEWS (Books LLC, USA: Memphis, Tennessee, 2010).

A mais recente contribuição editorial de Waldman é a participação na coletânea Sustainable Water Management in the Tropics and Subtropics: Case Studies (coedição Brasil-Alemanha). Nessa obra, Waldman é autor de Waters of Metropolitan Area of São Paulo: Tecnichal, Conceptual and Environmental Aspects, texto com foco na gestão das águas doces na Grande São Paulo.

A trajetória de Waldman firmou-se em três esferas: no ativismo social, na administração pública e no meio acadêmico.

Pioneiro do movimento ambientalista do Estado de São Paulo, Waldman foi assessor de Chico Mendes e Coordenador do Comitê de Apoio aos Povos da Floresta (1988-1992).

Também atuou como ativista na Assembléia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente (APEDEMA), no Centro Ecumênico de Documentação e Informação (CEDI) e na Associação dos Geógrafos Brasileiros, Seção Local São Paulo (AGB-SP).

Em 2004, em enquête do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), figurou como um dos 30 ambientalistas mais antigos do Estado de São Paulo.

A partir de convite institucional, Waldman tornou-se sócio-Fundador da Casa de Amizade e Solidariedade à República Popular de Angola (1982) e sócio fundador do Instituto Ernesto Zwarg: Ecologia, Educação e Cultura (Itanhaém, SP, 2010).

Na gestão pública, exerceu em 2000 o cargo de Chefe da Coleta Seletiva de Lixo da capital paulista e entre 1990-1992, de Secretário do Meio Ambiente de São Bernardo do Campo.

Maurício Waldman tem experiência no magistério em pós-graduação na área ambiental em teorias ambientais e do desenvolvimento, administração dos recursos ambientais, gestão de resíduos sólidos e preservação dos recursos hídricos.

Na formação acadêmica de Waldman na USP constam: Tese de Doutorado em Geografia Humana (2006), Mestrado em Antropologia Social (1997), Graduação e Licenciatura em Ciências Sociais (1982).

Maurício Waldman é Pós-Doutor pelo Depto. de Geografia do Instituto de Geociências da UNICAMP com pesquisa centrada na questão dos Resíduos Sólidos (2010).

Em 2013 Maurício Waldman completou 2ª Pós Doutorado (FFLCH-USP), investigação desenvolvida no campo das Relações Internacionais, com foco na disputa pelas águas doces na África Austral (2012-2013). 

Na área de afro-educação e capacitação ambiental, Waldman acumula mais de 20 anos de experiência teórica e pedagógica. Na UNICAMP, atuou em 2010 como titular da Disciplina Geografia da África.

Waldman é colaborador do Centro de Estudos Africanos da USP (CEA-USP), parecerista da Universidade de Coimbra e contribuiu com Geocarto - Website de Geografia e Cartografia (USP).

Relativamente a campos de atuação, Waldman detém experiência e/ou pesquisa em: Magistério em nível superior, Educação e Formação Especial, Marketing, Gestão Ambiental, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Abastecimento Metropolitano de Água, Planejamento Urbano, Produção de Texto, Sistema Editorial, Afro-educação e Tradução (Inglês/Português; Castelhano/Português).

Dentre os temas de interesse de Maurício Waldman constam: Meio Ambiente, Regiões Metropolitanas, Recursos Hídricos, Resíduos Sólidos, Matriz Energética, Globalização, Relações Internacionais, África Negra, Espaço-Tempo, Topologia, Cartografia Antiga, Cartografia Escolar, Cartografia de África, Ecologia Doméstica, Conflitos Sociais, Imaginário, Cultura, Cidadania & Políticas de Inclusão.


MAIS INFORMAÇÃO:

Currículo 1 Página.

mw.pro.br/mw/mw_cv_1_pg.pdf

Currículo Acadêmico - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq - Plataforma Lattes:
http://lattes.cnpq.br/3749636915642474

Portal Acadêmico do Professor Maurício Waldman:
http://www.mw.pro.br

Biografia Waldman - Centro de Documentação e Informação da FAPESP:
http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/106666/mauricio-waldman/

Waldman Biografia Editora Senac:
 http://www.editorasenacsp.com.br/portal/autor.do?appAction=vwAutorDetalhe&idAutor=31407

Biografia Waldman (Verbete) na Wikipedia edição em língua inglesa:
 https://en.wikipedia.org/wiki/Maur%C3%ADcio_Waldman



TÍTULOS ACADÊMICOS:

DOUTORADO: GEOGRAFIA FFLCH-USP (2000-2006)
Tese Água e Metrópole: Limites e Expectativas do Tempo
Financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico: (CNPq)
Texto disponível na Biblioteca Digital da Universidade de São Paulo:
http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-20062007-152538/

1º POS DOUTORADO:  INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS UNICAMP - GEOGRAFIA (2010)

Pesquisa Lixo Domiciliar no Brasil: Dinâmicas sócio-espaciais, Gestão de Resíduos e Ambiente Urbano
Financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Acesso ao Relatório Final:
http://www.mw.pro.br/mw/geog_Relatorio2011_%20UNICAMP.pdff

2º POS DOUTORADO: RELAÇÕES INTERNACIONAIS FFLCH-USP (2011-2013)
Pesquisa O Papel de Angola na África Centro-Meridional: Recursos Hídricos, Cooperação Regional e Dinâmicas Socioambientais
Financiamento da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo: (FAPESP)
Acesso ao Resumo do Projeto - Informação oficial FAPESP:
http://www.bv.fapesp.br/pt/bolsas/129974/o-papel-de-angola-na-africa-centro-meridional-recursos-hidricos-cooperacao-regional-e-dinamicas-soci/

3º POS DOUTORADO: MEIO AMBIENTE CAPES-PNPD (2014-2015)
Pesquisa Dilemas da Gestão do Lixo: Catadores, Incineração e Reciclagem
Financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico: (CNPq)
Acesso ao Resumo do Projeto:
http://www.mw.pro.br/mw/eco_PDResumoportal_2014.pdf



0 comentários:

Postar um comentário